Representante do PV na Assembleia, Reinaldo Alguz é entusiasta da mudança da matriz logística

Por Marco Sobreiro

 

Representando o Partido Verde na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Reinaldo Alguz tem realizado um trabalho em defesa do desenvolvimento sustentável, da saúde, da assistência social, do meio ambiente e da infraestrutura urbana no parlamento paulista. Com atuação política destacada na região Centro-Oeste paulista, Alguz cumpre seu quarto mandato na Casa e tem conseguido importantes avanços para o estado.

 

Um deles é o projeto de mudança da matriz logística do Estado de São Paulo, que garantirá investimentos de cerca de R$ 6 bilhões, assegurando a geração de empregos e renda dentro de uma visão de desenvolvimento econômico sustentável. No dia 27 de maio, ocorreu a assinatura da renovação do contrato de concessão da Malha Paulista – um projeto ao qual o deputado se dedicou durante mais de uma década e que contou também com a colaboração do ex-deputado federal Evandro Gussi e do atual parlamentar Enrico Misasi, ambos do PV.

 

“Desde o começo do meu trabalho como parlamentar, sempre pensei em como criar meios para desenvolver nossa região e avançar na infraestrutura para que pudéssemos ir mais longe, garantindo emprego e renda para as famílias com o crescimento econômico do estado de São Paulo”, conta Alguz. “Para realizar sonhos tão grandes é preciso perseverar diante dos obstáculos, trabalhar muito e promover a união para que possamos ver o bem comum acontecer”.

 

A reativação da malha ferroviária significa mais rapidez no escoamento da produção agrícola, redução de custos, maior segurança para as cargas, ampliação da competitividade das nossas mercadorias e diminuição substancial das emissões de gás carbônico – o que contribuirá para que o setor de transportes atinja as metas previstas pela Política Estadual de Mudanças Climáticas.

 

“A reativação da malha trará investimentos sem precedentes para o Oeste e o Noroeste paulista, revolucionando a matriz logística de cargas no estado de São Paulo”, explica o deputado. “E ligará toda a nossa região ao porto de Santos e ao mundo, trazendo desenvolvimento, emprego e renda, o que nos ajudará a superar a crise”.

 

Essa conquista se soma, assim, a outros projetos de Alguz que foram concretizados através do seu mandato na Assembleia. Entre eles, estão duas leis de repercussão econômica e ambiental que tiveram origem a partir de projetos de sua autoria: a lei nº 14.691, que prevê o uso de asfalto oriundo da reciclagem de pneus velhos na conservação das rodovias paulistas, e a lei nº 15.303, que institui o programa estadual de incentivo ao uso de óleo lubrificante reciclado. “Tudo isso só é possível porque nós nos unimos”, ressalta o deputado. “Não há outro caminho para a política a não ser o da unidade”.