Operação “Cata Bagulho” tem programação ampliada em Itapevi

08 07 2013 001

Em uma ação que busca uma sociedade sustentável, a Secretaria do Meio Ambiente de Itapevi tem ampliado as atividades da “Operação Cata Bagulho” no município. Um cronograma específico foi elaborado para atender aos bairros de Itapevi a cada semana do mês. O objetivo é evitar que materiais descartáveis, que podem ser reciclados, fiquem acumulados em terrenos baldios, calçadas, margens, leitos de rios e córregos da cidade.

Entre os materiais em desuso que são coletados estão sofás, colchões, camas, pneus, geladeiras, armários e fogões que após serem recolhidos são separados por tipo e repassados à Cooperativa de Catadores de Material Reciclável, que encaminha às empresas de reciclagem. Vale ressaltar que restos de obras de construções (entulho) não são recolhidos pelos agentes.

08 07 2013 0001

Diariamente, dezenas de pessoas trabalham separando o material reciclável em um galpão alugado pela Prefeitura, que recebe materiais coletados em setores do poder público e empresas privadas. De acordo com a pasta, parte dos pneus recolhidos é utilizada por algumas empresas para artesanato e recapeamento, e itens como madeira também são destinados para produção de biomassa.

A Operação Cata Bagulho visa incentivar a população a estabelecer medidas de proteção ao meio ambiente, bem como a prevenção de enchentes e infestação de insetos e roedores. “Muitas vezes, esses materiais são despejados em terrenos baldios ou em beira de rios e córregos da cidade, favorecendo o aparecimento de ratos e causando inundações. Com esta ação, vamos estimular a destinação correta desses materiais”, destaca o secretário do Meio Ambiente, Evangelista Azevedo Limas (PV).

Fonte: Assessoria de imprensa – Prefeitura Municipal de Itapevi

Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo