Giriboni fala sobre aterros em reunião do Conselho Metropolitano

Giriboni fala sobre aterros em reunião do Conselho Metropolitano
Autor da iniciativa que inseriu Itapetininga na Região Metropolitana de Sorocaba, o deputado estadual Edson Giriboni (PV-SP) participou de uma reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Sorocaba, realizado no auditório da Prefeitura de Itu nessa última segunda-feira e contou com a presença de representantes das 27 cidades que compõem a RMS (prefeitos, vice-prefeitos e secretários), do secretario estadual adjunto de Meio Ambiente, Antônio Velloso Carneiro, de representantes da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa) e da Cetesb, além de membros da sociedade civil. Entre os assuntos debatidos, o descarte dos resíduos sólidos das cidades, o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região e a instalação da Agência Metropolitana.

Em relação à destinação do lixo, o deputado Giriboni explica que essa é uma preocupação quase unânime dos municípios da Região Metropolitana, “as prefeituras enfrentam grandes dificuldades para dar o tratamento adequado aos resíduos sólidos e houve um entendimento que esse assunto precisa ser melhor avaliado pelo governo estadual”. Giriboni explica que ficou acertado a apresentação de propostas junto à secretaria estadual do Meio Ambiente para que haja uma colaboração do órgão aos municípios.

Giriboni também destaca a questão do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região (PDUI), discutida no encontro, “uma exigência legal, que vai ordenar questões como saúde, educação, segurança pública, meio ambiente e ajudar na integração regional”. A elaboração do PDUI é exigência do Estatuto da Metrópole, que estabelece as diretrizes para as regiões metropolitanas e as aglomerações urbanas e que obriga os municípios a adaptarem seus planos diretores às regras regionais. Em breve serão agendadas audiências públicas nas 27 cidades que compõem a Região Metropolitana para debater e apresentar propostas para serem incluídas no plano. De acordo com o representante da Emplasa, Humberto Parro, o PDUI deve ser encaminhado à Assembleia Legislativa até o final do mês de agosto.

A região metropolitana de Sorocaba é composta por 27 municípios: Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itapetininga, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim. São aproximadamente 2 milhões de habitantes, representando 4,6% da população estadual. A região gera cerca de 4,25% do Produto Interno Bruto (PIB) paulista.

Fonte: Assessoria de Imprensa Gab. Dep. Edson Giriboni

Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo