Frentes Parlamentares Ambientalistas se reúnem em Salvador

Frentes-Parlamentares-Ambientalistas-se-reunem-em-SalvadorO I Encontro Nacional das Frentes Parlamentares Ambientalistas das Assembleias Legislativas aconteceu no ultimo fim de semana (10 e 11), em Salvador (BA). O evento reuniu parlamentares, técnicos e ambientalistas de todo o país, que durante dois dias discutiram assuntos como o acompanhamento da implementação do Código Florestal nos Estados, as experiências de implementação do Cadastro Ambiental Rural, além de audiência do Grupo de Trabalho da Comissão de Meio Ambiente  e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados.

O deputado estadual Beto Trícoli (PV-SP) esteve presente e fez seu pronunciamento defendendo a implantação do Cadastro Ambiental Rural, em âmbito nacional, salientando que poderá ser um marco importante no auxílio aos proprietários de terras nas questões ligadas ao meio ambiente, principalmente no que chamou de “conciliação entre atividades agrícolas e preservação da natureza”.

O parlamentar falou também sobre a implantação do CAR em São Paulo, lançado oficialmente em maio deste ano e que deve cadastrar cerca de 330 mil propriedades rurais, via internet, até 2016.

Representando a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (aonde é coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista), lembrou que apesar do estado já ter se adiantado no início desse levantamento, muitos estados federados ainda não aderiram à medida, incluindo o próprio Ministério do Meio Ambiente, que ainda precisa publicar um decreto para formalizar a criação do CAR nacional.

O Cadastro Ambiental Rural foi criado no final do ano passado, a partir da implantação do Novo Código Florestal e se constitui em uma base de dados estratégica para o controle, monitoramento e combate ao desmatamento das florestas e demais formas de vegetação nativa do Brasil, bem como para planejamento ambiental e econômico dos imóveis rurais.

O deputado do PV argumentou ainda que o cadastro vai ajudar a mensurar o déficit de área legal do país: – “Teremos uma visão real da situação via satélite e, a partir dessas informações, será possível evoluir para outras políticas, como por exemplo a regularização ambiental de propriedades”. Tricoli defendeu a adesão de todos os Estados ao CAR e disse estar preocupado com a visão de alguns setores de que esse cadastro venha a ter um caráter punitivo. “É preciso ter uma visão positiva do CAR, valorizando aqueles donos de terras que valorizam e respeitam as questões ambientais. A legislação ambiental tem que servir para educar e não apenas para punir, sob pena de não conseguirmos implantar um levantamento ambiental sério e confiável em nosso país”.

Fonte: Assessoria de imprensa – Gabinete dep. Beto Tricoli

Secretaria Estadual de Comunicação

Partido Verde – São Paulo