Eduardo Jorge recebe Medalha do Mérito Legislativo

IL-28-11-2014 002

Candidato a presidente da república pelo PV na última eleição, Eduardo Jorge foi agraciado com a Medalha do Mérito Legislativo, na manhã desta quarta-feira, 26. A indicação foi feita pela bancada do PV na Câmara dos Deputados. A medalha é destinada a autoridades, personalidades, instituições, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civis ou militares, nacionais ou estrangeiros, que tenham prestado serviços relevantes ao Poder Legislativo ou ao Brasil.

O condecorado comentou a homenagem sob a perspectiva de seu trabalho parlamentar:  “receber a medalha do mérito legislativo, para mim, tem um caráter até afetivo, dada a minha relação com o Congresso Nacional”.

“Eduardo Jorge representa uma parcela expressiva da população, principalmente da juventude urbana que deseja avançar na agenda socioambiental. Sua indicação pela bancada é uma homenagem também às bandeiras históricas do partido, que ele conseguiu alavancar na campanha presidencial.”, declarou o líder do PV, deputado Sarney Filho (MA).

O presidente nacional do PV, deputado Penna (SP) destacou que essa homenagem é uma forma de compartilhar com a sociedade a importância de Eduardo Jorge para o partido. “É um momento onde o PV coloca para o conjunto dos partidos políticos e para toda sociedade o seu reconhecimento à luta de Eduardo Jorge. Temos orgulho do nosso homenageado”, afirmou.

Médico sanitarista, Eduardo Jorge sempre trabalhou na defesa da democracia e da saúde pública. Responsável pela organização dos primeiros conselhos populares de saúde na periferia de São Paulo, foi deputado estadual (1983-1986), deputado federal por quatro mandatos (1987-2003), Secretário Municipal da Saúde (1989-1990 e 2001-2002) e Secretário Municipal do Meio Ambiente (2005/2012) de São Paulo.

Como parlamentar, protagonizou avanços da legislação na área da saúde. Foi um dos criadores da legislação do Sistema Único de Saúde (SUS) e autor da lei que regulamenta o Planejamento Familiar no Brasil e legaliza a esterilização voluntária masculina e feminina (Lei nº 9263/96). Também é autor da Lei dos Medicamentos Genéricos (Lei nº 9787/99) e coautor da lei que regulamenta a assistência social que prevê o benefício de prestação continuada de um salário mínimo para idosos e deficientes comprovadamente pobres (Lei nº 8742/1993).

Fonte: AsCom – Liderança do Partido Verde na Câmara dos Deputados

Foto: Paula Laport – Lid/PV