Deputado do PV-SP comenta sobre o trabalho rural sustentável

trabalho rural sustentavel

O atual contexto de crise em que vivemos nos desafia à busca de soluções e a uma atuação conjunta com diversos setores ativos da sociedade. Nesses tempos difíceis, as famílias sofrem com o desemprego, empresas estão se fechando ou reduzindo a produção, as vendas no comércio caíram. Em busca da sobrevivência, trabalhadores que eram da indústria estão retornando para o campo.

Uma realidade diferente, que exige atenção e união de esforços. O Estado de São Paulo, detentor de boa parte do parque produtivo nacional, também possui um forte setor agroindustrial diversificado. Temos recursos naturais que nos favorecem e um povo trabalhador, fatores que tornam possível alavancarmos novas ideias para um desenvolvimento agroindustrial sustentável, abrindo caminhos para regiões interioranas e contribuindo para a expansão das regiões urbanas.

O fortalecimento do trabalho rural e sustentabilidade foi tema de um simpósio que realizamos na Assembleia Legislativa, em parceria com a Feraesp, que é a Federação dos Empregados Rurais Assalariados do Estado de São Paulo. Nesse encontro fortalecemos ainda mais a proposta de criação de uma Frente Parlamentar pluripartidária, que promova encontros de lideranças, debates de ideias e planejamentos de ações concretas.

O momento exige a união do Poder Executivo, Legislativo, trabalhadores, empresas e municípios para discutirmos questões que envolvem o campo paulista, buscando um caminho para as soluções, encontrando pontos comuns de atuação, pensando na saúde, educação, na geração de emprego e renda, entre outros pontos relevantes. O campo está sustentando o país. A proposta da Frente é que o Parlamento Paulista seja parceiro do setor, fazendo um elo de ligação da sociedade com o governo.

O presidente da Feraesp, Elio Neves, homem de muita sabedoria e otimismo, nos alerta que hoje está no campo a possibilidade de sairmos da crise. Durante o simpósio ele comentou que, com a implantação da Frente e a força do Parlamento Paulista, será aberta a possibilidade de um diálogo com a sociedade, com respeito e dignidade.

Além do fortalecimento do trabalho rural, a Frente Parlamentar debaterá o desenvolvimento sustentável. Os pilares da sustentabilidade exigem a construção de fundamentos sólidos quanto às conquistas humanas e sociais, uso equilibrado de recursos naturais, com preservação e recuperação ambiental, exige investimentos e crescimento econômico. Queremos juntar esforços para construir um Estado de São Paulo melhor, visando a sair de um ambiente de crise, retomando a esperança e a busca de novos horizontes.

Texto: Deputado Estadual Chico Sardelli (PV-SP)

Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo