“A pandemia do Coronavírus provoca uma reflexão sobre nossa relação com a natureza e os animais”, afirma Will Mendes Stahn

Por Marco Sobreiro

 

A dimensão da pandemia do Coronavírus, que atingiu todo o mundo, modificando a vida da população do planeta, deve estimular uma reflexão sobre a relação do homem com a natureza e os animais. Esta é a opinião de Willdson Mendes Stahn, o Will, secretário de Bem-Estar Animal do PV Paulista. Ele lembra que várias doenças que se alastraram pelo mundo nos últimos anos – como a gripe suína, a crise da vaca louca e mesmo os casos de dengue no Brasil – decorrem de um avanço desmedido do homem na natureza.

“Todas essas doenças têm como origem o consumo desenfreado de animais, que gradativamente vai avançando e atingindo espécies exóticas. A pandemia do Coronavírus foi apenas mais um capitulo dessa realidade. Chegamos ao ponto de ver o planeta inteiro paralisado, com as pessoas tendo que adotar quarentenas em diversos países. Esse é um sinal claro de que devemos rever nosso contato com a natureza. O homem está indo longe demais”, avalia;

Administrador de empresas, pós-graduado em Comunicação e mestrando em Meio Ambiente e Sustentabilidade, Will tem atuação política em Jacareí e sempre nutriu grande preocupação com o meio ambiente. Com uma carreira profissional que incluiu vivências na Holanda e na Alemanha, ele acredita que o cuidado com o planeta e a adoção de um modelo de vida sustentável são caminhos naturais e inevitáveis. “Sempre fui um ambientalista, mas agora, cursando mestrado na área, estou acrescentando uma formação teórica e acadêmica a esta atuação”, observa.

O termo sustentabilidade é utilizado por Will para caracterizar várias ações realizadas por ele e por seu grupo de apoiadores em Jacareí. Defensor da causa animal, ele lembra que o PV foi o partido pioneiro no Brasil a incluir o tema em sua estrutura interna – criando a secretaria por ele ocupada atualmente. “Existem ações isoladas de pessoas, além de outros que tentaram criar partidos relacionados especificamente à defesa dos animais, mas o PV foi o primeiro partido do Brasil a incorporar o tema em sua plataforma interna, até pela ligação natural com as bandeiras que sempre defendeu”, comenta.
Em Jacareí, Will é um realizador constante de eventos de defesa e adoção de animais, além de estimular a alimentação sustentável. O Instituto Novos Sabores, fundado por ele e no qual hoje atua somente como voluntário, é outra iniciativa que busca uma relação mais harmoniosa entre o homem e a natureza. O instituto estimula o reaproveitamento de alimentos, possui um canal de receitas e realiza ações nos bairros levando orientação aos cidadãos sobre como manter uma dieta mais saudável.

O termo sustentável é usado no lugar do tradicional “vegano” por ser mais amplo e menos restritivo, como explica Will. Para ele, a alimentação sustentável exclui o consumo de carnes, estimula a utilização de legumes, verduras e frutas, mas também acrescenta o pilar da sustentabilidade: “Além de todas essas características, também queremos reduzir o impacto ao planeta, por exemplo, evitando frituras e estimulando práticas que sejam menos agressivas à natureza”, detalha.

Com o relaxamento gradativo do isolamento social e a reabertura paulatina das atividades econômicas, Will pretende intensificar as ações de conscientização em Jacareí, sempre orientando a população sobre os valores do PV e os cuidados com o mundo pós-pandemia – ainda que o Coronavírus continue sendo uma ameaça: “Sempre trabalhei pela causa ambiental e entendo que o momento pede um engajamento maior nesse sentido, afinal a pandemia foi um sinal de alerta que não pode ser ignorado”, finaliza.