Três cursos da UNIVESP para Biritiba-Mirim

Três cursos da UNIVESP para Biritiba Mirim

O prefeito de Biritiba Mirim, Jarbas Ezequiel de Aguiar (PV), negociou diretamente com a direção da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) e conseguiu a liberação de três cursos universitários de ensino a distância (EAD) para moradores do município.

Os cursos a serem implantados, assim como a quantidade de vagas existentes, ainda serão definidos de acordo com estudo técnico da Univesp. A expectativa de início das aulas é para o primeiro trimestre de 2018. Neste sentido, a Prefeitura de Biritiba já busca espaço físico para abrigar os três cursos.

Para ter o direito a participar das aulas, os interessados passarão por processo seletivo, por meio de vestibular, assim como é feito para a escolha de alunos de outras universidades estaduais (Unesp, USP, e Unicamp).

O prefeito Jarbas comemorou a conquista dos cursos universitários e ressaltou a importância do estudo acadêmico na vida das pessoas. “Negociamos diretamente com a direção Univesp, e conseguimos o pólo para a cidade. É uma conquista significativa para Biritiba Mirim, tendo em vista que, principalmente nossos jovens, estão ingressando na universidade, e são obrigados a ir para cidades vizinhas para fazer faculdade. Esses cursos em modalidade EAD vão ajudar muito os alunos a ingressar na carreira acadêmica, que é fundamental para que no futuro o sucesso profissional deles seja garantido”, ressaltou Jarbas.

Fonte: Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Biritiba Mirim

Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo




Prefeito de Diadema quer extinguir o uso de papel nos processos administrativos

Prefeito de Diadema quer extinguir o uso de papel nos processos administrativos

Deste de o começo de outubro último, a Prefeitura Municipal de Diadema está operando um programa para abertura de processos administrativos que faz parte do Programa Diadema Digital, plataforma que teve início em 2014 para facilitar o acesso do cidadão. Segundo fontes da prefeitura, o programa fez de Diadema a primeira cidade do estado de São Paulo a gerar 100% dos seus processos administrativos eletronicamente, de acordo com o Tribunal de Contas de São Paulo.

Como Funciona
Com a geração de processo por meio eletrônico, o uso do papel é eliminado e há redução de burocracia. Cada processo que dá entrada na Prefeitura ganha mais rapidez, visto que o meio eletrônico permitirá um controle de seu trâmite. “O lançamento dessa segunda fase não é apenas uma digitalização de processos. A Prefeitura de Diadema passa, a partir de então, a gerar e ter um controle mais eficiente de seus processos eletrônicos”, afirma o prefeito Lauro Michels (PV).

A primeira fase teve início em julho, com a implantação de 70 serviços nas secretarias de Finanças e Assuntos Jurídicos. A segunda fase, que se estende neste mês de outubro, vai tornar eletrônicos os processos das secretarias de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente (implantados em 2 de outubro), Transportes (dia 16 de outubro) e Vigilância Sanitária – Saúde (dia 30 de outubro). As demais secretarias serão contempladas nesta terceira fase até o dia 31 de dezembro.

Não ao uso de Papel
O Programa Diadema Digital vai eliminar o uso do papel na abertura de processos. “O objetivo é que a partir de 2 de janeiro de 2018 não exista mais a abertura de processos físicos, ou seja, por papel. “O papel passa a ser uma questão secundária. É respeito pelo cidadão e pelo meio ambiente”, disse o prefeito.

O novo sistema digital de abertura e controle de processos eletrônicos garante ainda impossibilidade de extravios de documentos. Ele também permitirá a agilização do trâmite dos processos administrativos da Prefeitura e transparência, além de oferecer comodidade para o solicitante, que poderá dar entrada e consultar processos via online, sem necessidade de se deslocar até a Central de Atendimento da Prefeitura. Também haverá um controle gerencial da Prefeitura em relação aos tipos de processos, o que vai permitir o acompanhamento e planejamento de ações relativas a cada secretaria que for solicitada no processo.

Investimentos
Para a implantação do Programa, Diadema investiu R$ 2,055 milhões, por meio do PMAT (Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos), do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – destinado a apoiar projetos de investimentos voltados à melhoria da eficiência, qualidade e transparência da gestão pública, com o objetivo de modernizar a administração tributária e qualificar o gasto público nos municípios.

Para Roberto Hart, presidente da Image (empresa de tecnologia que desenvolveu a plataforma do Programa Diadema Digital) o projeto de Diadema já nasceu com o objetivo de evitar o deslocamento do solicitante até a Central de Atendimento. “O importante é que o solicitante acompanhará todo o processo. A cada etapa, ele receberá uma comunicação de seu trâmite”, afirma Hart.

Digitalização dos serviços
O processo eletrônico dos serviços prestados pela Prefeitura teve início em 2014, com a implantação do Via Rápida Empresa (realização dos serviços de pesquisa de viabilidade, registro empresarial, inscrições municipais e licenciamento de atividades em um único atendimento). Na sequência, foi implantada a automatização da Inscrição Municipal de Pessoa Jurídica (abril de 2015), inscrições, comunicado e justificativa de afastamento – Shopping Popular (julho de 2016), Tô Ligado Diadema – 100 tipos de serviços disponíveis em aplicativos (julho de 2016), consulta e parcelamento de dívidas via internet – REFIS (julho de 2017) e Inscrição Municipal de Pessoa Física (outubro de 2017).

Fonte: Prefeitura Municipal de Diadema

Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo




Oficina de Produção Cultural em Santa Bárbara d’Oeste

Oficina de Produção Cultural em Santa Bárbara dOeste

O Centro de Artes e Esportes Unificados de Santa Bárbara d’Oeste (CEU) receberá, entre os dias 22 de novembro a 13 de dezembro, a oficina de Produção Cultural e Gestão de Projetos Criativos.

A oficina tem como objetivo auxiliar gestores, artistas e produtores, na produção e gestão de projetos criativos e na elaboração destes projetos, dando informações sobre métodos de organização, planejamento, editais, políticas culturais e produção de espetáculos, fornecendo subsídios para que os profissionais desta área possam se reconhecer e criar seus meios de trabalho a partir do contexto onde estão inseridos. .

A realização é do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Poiesis Organização Social de Cultura, por meio do Programa Oficinas Culturais, e Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste.

Fonte: Prefeitura Municipal de Santa Bárbara d’Oeste
Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo




São João do Pau d’Alho firmou três convênios com o Governo Estadual

São João do Pau dAlho firmou três convênios com o Governo Estadual

A Prefeitura de São João do Pau D’Alho firmou três novos convênios com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, na última terça-feira (29/11). Trata-se dos cursos Escola da Beleza (depilação e designer de sobrancelhas), Padaria Artesanal e Bordado em Pedraria que visam preparar e capacitar a população para o mercado de trabalho, melhorando a qualidade de vida e até mesmo a autoestima dos atendidos, além de promover a inclusão social e estimular a geração de renda.
Segundo o prefeito Fernando Barberino (PV), o programa busca também promover autonomia, socialização, trabalho em equipe e a valorização do indivíduo. “O nosso principal objetivo é atender aos anseios da população e abrir novos caminhos com oportunidades que façam a diferença na vida das pessoas. É um momento muito importante para a cidade, estamos retomando as atividades do Fundo Social de Solidariedade que há muito tempo estava adormecido em nossa cidade”, finalizou o prefeito.

Fonte: Prefeitura Municipal de São João do Pau d’Alho

Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo




Giriboni quer novas escolas e creches para cidades do Vale do Ribeira

Giriboni quer novas escolas e creches para cidades do Vale do Ribeira

O deputado estadual Edson Giriboni (PV-SP) intermediou reunião com o presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) para apresentar demandas de municípios do Vale do Ribeira em relação à construção de creches e escolas. “Mais uma vez fomos muito bem recebidos pelo presidente da FDE, João Cury, que demonstrou muito boa vontade em atender às solicitações”, afirmou o deputado após o encontro.

O prefeito de Apiaí, Luciano Polaczek, acompanhado pelo vice-prefeito e secretário municipal de Educação, Nelson Nery, solicitaram a construção de uma creche no centro da cidade. Já o presidente da Câmara de Barra do Chapéu, Renan Sarti, apresentou o pedido para construção de uma creche no bairro da Ponte Alta e, para atender a população da comunidade quilombola do município, o prefeito de Iporanga, Valmir da Silva, juntamente com o presidente da Câmara Ariovaldo Lopes Rodrigues e o vereador Adilson Rodrigues, pediram a construção de uma nova escola no bairro de Castelhanos, mas que também irá atender outras comunidades.

Em seu gabinete, o presidente da FDE agradeceu. “Giriboni é um deputado que luta pela educação, por trazer solicitações importantes, que iremos trabalhar e, acredito, vamos conseguir atender”, acrescentou João Cury.

Fonte: Assessoria de Imprensa deputado Edson Giriboni

Gabinete da Liderança do Partido Verde
Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo
Claudio Turtelli – Assessoria Parlamentar/Comunicação