Candidata do PV Europeu se destaca no primeiro debate presidencial

destaque002

O primeiro debate presidencial da eleição continental europeia aconteceu em Maastricht (Holanda), neste 28 de abril. A candidata do Partido Vede, Ska Keller, debateu com os demais candidatos à presidência da Comissão Europeia, entre eles, Jean-Claude Juncker ( Partido Popular Europeu ), Martin Schulz (Partido Socialista), Guy Verhofstadt (Aliança dos Liberais e Democratas pela Europa).

O debate, que foi transmitido ao vivo pela Euronews, em 13 idiomas, mostrou claramente as diferenças entre as quatro tendências políticas europeias. Os temas do debate foram focados em questões relavantes aos jovens, divididos em três partes: a economia, o futuro e política externa. Para os analistas, Juncker e Schultz frustraram a expectativa de quem assistiu o debate, enquanto Ska Keller conseguiu demonstrar que os Verdes são uma alternativa real para o continente.

Após o debate, a Mídia da Europa reagiu positivamente em relação aos posicionamento da candidata do Partido Verde. Entre os comentários nos grande jornalões, uma frase traduz bem o seu desempenho: “Com 32 anos, pouco tempo na política, esse verde surpreendentemente informada, de boa fala e entusiástica foi a grande descoberta da noite.”

Fonte: Eurogreens News

Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo




Comissão debate contaminação por chumbo no Vale do Ribeira

if-le-29-04

O problema da contaminação por chumbo e outros metais pesados na região do Vale do Ribeira, nos estados de São Paulo e Paraná, será tema de audiência pública nesta quarta-feira (30) na Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

O debate foi proposto pelo deputado Roberto de Lucena (PV-SP). O parlamentar foi coordenador do grupo de trabalho (GT) que, no ano passado, analisou a contaminação por chumbo em Santo Amaro da Purificação, na Bahia.

O relatório final do grupo aprovou, em outubro de 2013, a conversão do GT em uma proposta de fiscalização e controle sobre contaminação por chumbo e outros metais pesados. “No curso dos trabalhos verificamos que o mesmo conjunto de empresas atuava em diferentes pontos do Brasil, provocando danos também à região do Vale do Ribeira. Percebemos então que o problema de Santo Amaro não era isolado, mas parte de um quadro grave a ser resolvido pelo estado brasileiro”, explicou Roberto de Lucena.

A proposta de fiscalização deve investigar os órgãos responsáveis por atender a população contaminada pelo chumbo, exigir a recuperação ambiental das áreas degradadas e cobrar a responsabilização das empresas vinculadas à Sociedade Mineira e Metalúrgica de Peñarroya e suas sucessoras pelo imenso passivo socioambiental deixado no Brasil.

Fonte: Agência Câmara Notícias/ Ascom Liderança do PV na Câmara dos Deputados

Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo