Sustentabilidade: Eduardo Jorge conversar sobre como Pensar Verde




Dirigentes e ativistas se reúnem com Natalini em cidades do interior

Dirigentes-e-ativistas-se-reunem-com-Natalini-em-cidades-do-interior
Gilberto Natalini cumpriu uma extensa agenda no último fim de semana, em seu giro pelo interior. Na sexta-feira (24/01), recepcionado pelo deputado estadual Chico Sardelli (PV-Americana), pelo prefeito de Cordeirópolis, Amarildo Zorzo (PV) e pelo prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia (PV), o postulante ao cargo de governador pelo PV-SP, depois de passar pela cidade de Americana, participou de uma reunião no plenário da Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste com dirigentes e ativistas da Bacia 11. No sábado (25/01), em Araraquara, Natalini voltou a se reunir com dirigentes, ativistas e coordenadores de várias regiões. Tanto em Americana como em Santa Bárbara e Araraquara, a recepção foi calorosa. Vários dirigentes endossaram a tese de que, em todas as eleições em que disputou, o PV-SP nunca teve um líder tão carismático para exercer tal papel.

O novo líder

Reuniao em Americana
Gilberto Natalini tem vasta experiência na vida pública e partidária. Seu ótimo trânsito na base do Partido Verde cresce a cada dia e acontece sem que o chamado “Club dos Abre Alas Partidário”, composto por altos dirigentes, prefeitos e parlamentares, precise se movimentar. Alegre, franco, com uma disposição de menino e claramente comprometido com o propósito de representar a legenda na eleição majoritária de outubro próximo, gera confiança e cativa a todos, de coroinhas a cardeais que gravitam entre a burocracia e a base da legenda, fato que leva a crer que, com o eleitorado, não será diferente.

Gilberto Natalini

Médico e vereador pelo quarto mandato na cidade de São Paulo, tem se destacado à frente da presidência da Comissão da Verdade, instituída pela Câmara Municipal da capital. Natalini não  é um desses chamados “especialistas” em questões ambientais, título que no PV-SP de outrora, por algumas vezes, foi pré-requisito para postular o cargo em questão, mas também não há como negar que, desde que se filiou à legenda (2011), seu mandato de vereador na capital é dedicado integralmente às questões defendidas pelo ideário verde, somando assim, entre tantos, mais um fato que o credencia.

Luz de alerta na casa dos adversários

A possibilidade de realmente existir uma candidatura verde ao governo de São Paulo faz acender um alerta nas coordenações de campanha dos candidatos que protagonizam como favoritos nas manchetes políticas dos grandes jornalões. Não tanto por uma questão de ameaça eminente à liderança dos favoritos, mas sim, pela quantidade de votos que uma candidatura verde poderá sufragar, ajudando a despolarizar e forçando um segundo turno na eleição majoritária deste ano. Sobre este aspecto é bom lembrar que, na eleição majoritária de 2010, apesar da visível indiferença por parte dos adversários e de todas as maledicências sobre uma provável “cristianização” interna, foram 940.379 sufrágios, 4,13% dos votos válidos, conquistados pelo então candidato apresentado pelo PV-SP que, apesar de preparado e com boa reputação, sofria pela falta de simpatia.

Agenda de Encontros com Natalini em Fevereiro

Dois novos encontros regionais com Natalini já estão programados e definidos, outros ainda aguardam confirmação. Já confirmados estão os encontros de Marília, dia 01/2 e de Ribeirão Preto, dia 08/2. (mais detalhes no link Agenda de Reuniões em www.pvsp.org.br).

Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo