Várzea Paulista terá nova estação ferroviária

Varzea-Paulista-tera-nova-estacao-ferroviariaO prefeito Várzea Paulista, Juvenal Rossi (PV), esteve na última sexta-feira (25), no Palácio dos Bandeirantes, quando foi anúnciada a destinação de verbas federais, no montante de R$ 5,4 bilhões, para a mobilidade urbana no estado de São Paulo. A verba Federal será destinado à expansão das linhas 2 do metrô, 9 da CPTM e para a implantação de um sistema de trem urbano que ligue a zona leste ao aeroporto de Guarulhos, além da modernização de 19 estações do trem metropolitano. As obras devem começar em 2014.

Entre as cidades beneficiadas com a expansão de trens e metros, está Várzea Paulista, que vai receber uma nova estação ferroviária. Para o prefeito está é a concretização de um projeto que vai agregar muito valor a cidade. “A estação antiga já é um patrimônio do município, mas não tem a mobilidade necessária. Com esse grande investimento teremos um novo aporte, uma nova estação que vai permitir uma maior mobilidade aos pedestres”.

Além da construção da nova estação, Juvenal Rossi ressalta que está negociando com a CPTM ( Companhia Paulista de Trens Metropolitianos) um novo trecho de estrada ao lado do viaduto dos Emancipadores.

Fonte: Assessoria de Imprensa da P.M. de Varzea Paulista

Secretaria Estadual de Comunicação

Partido Verde – São Paulo




Relatório sobre a PL 2644/11 é aprovado por unanimidade

Relatorio-sobre-a-PL-2644-11-e-aprovado-por-unanimidade

A Comissão de Meio Ambiente da Câmara do Deputados aprovou, por unanimidade, o relatório do deputado Penna (PV-SP) pela aprovação do PL 2644/11, que estabelece as diretrizes da Política Brasileira de Ecologia Molecular para Uso Sustentável da Biodiversidade da Mata Atlântica, da Zona Costeira e Marítima, da Amazônia, e outros Biomas Nacionais.

A proposição visa a fomentar a pesquisa, a capacitação tecnológica e a instalação de indústrias na área de biotecnologia em todos os biomas brasileiros, prevendo a exploração sustentável da diversidade biológica e a inserção das comunidades tradicionais na bioprospecção e no processo produtivo. “Ao conceber políticas de pesquisa como essa, nossos ilustres colegas autores dessas iniciativas demonstram uma brilhante visão de futuro que só nos resta acompanhar”, afirmou Penna ao apresentar seu voto.

Fonte: AsCom – Gabinete Dep. Penna

Secretaria Estadual de Comunicação

Partido Verde – São Paulo




Prefeito do PV participará de programa de gerenciamento de resíduos na Alemanha

Prefeito--do-PV-participara-de-programa-de-gerenciamento-de-residuos-na-Alemanha

A convite da Universidade Técnica de Braunschweig, o prefeito de Santa Barbara d’Oeste, Denis Andia (PV), participará do Programa de Cooperação Técnica para Gerenciamento Integrado dos Resíduos Sólidos, que acontecerá em Hannover, Alemanha, de 28 a 31 de outubro. O objetivo é conhecer novas tecnologias para o manejo de resíduos sólidos e ampliar o trabalho de cooperação internacional na busca de soluções para o descarte de resíduos.

Como presidente do Consimares – Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas, o prefeito Denis Andia viaja acompanhado de outros prefeitos e representantes da FINEP – Financiadora Nacional de Estudos e Projetos. As despesas com passagens aéreas, hospedagens, alimentação e translado, bem como com o programa de capacitação técnica durante a estada na Alemanha, no âmbito do programa, ficarão por conta do CREED – Center for Research, Education and Demonstration in Waste Management.

Fonte: Assessoria de Imprensa P.M. Santa Barbara d’Oeste

Secretaria Estadual de Comunicação

Partido Verde – São Paulo




Alvares Machado recolhe 5 toneladas de lixo eletrônico

A 5ª Campanha do Lixo Eletrônico realizado no município, entre os dias 4 e 6 de setembro, pela Prefeitura Municipal Municipal de Alvares Machado, através da Divisão de Agricultura, Abastecimento e Meio ambiente, arrecadou 5 toneladas de lixo eletrônico (computadores, monitores, impressoras, celulares, pilhas, entre outros).

Segundo o prefeito Horácio Fernandez (PV) o objetivo foi arrecadar os resíduos eletrônicos sem utilidade e destina-los corretamente evitando que os mesmos sejam depositados no meio ambiente. O material recolhido será encaminhado para a empresa Vertas, em São Paulo, que é especializada em gerenciamento e transformação de resíduos tecnológicos.

Fonte: Assessoria de Imprensa P.M. Alvares Machado

Secretaria Estadual de Comunicação

Partido Verde – São Paulo




Vereador do PV é contra o aumento abusivo do IPTU na cidade de São Paulo




Carta Compromisso de Mairiporã marca Encontro de Gestores Verdes

pvsp 001 21 10 2013

Sábado último (19) foi realizado, na cidade de Mairiporã, o I Encontro de Gestores Verdes Municipais do Partido Verde do Estado de São Paulo. A realização foi uma iniciativa da direção estadual, com apoio da Fundação Verde Herbert Daniel e da direção municipal do PV Mairiporã.

Com o objetivo de reunir e aproximar membros da legenda que, de alguma forma, estão à frente das políticas públicas em seus municípios o evento atingiu os seus objetivos.“O resultado do Encontro, por ser o primeiro, foi mais do que satisfatório”, salientou o prefeito de Mairiporã e dirigente estadual, Márcio Pampuri, um dos idealizadores do projeto.

Foto SECOM PVSP 00002 10 13

Além de uma plenária, dois outros ambientes foram formadas para discussão dos assuntos em pauta. Em um dos ambientes se reuniram os prefeitos, vice-prefeitos e secretários de governos municipais e, em um outro, reuniram-se os vereadores presentes. O evento também foi prestigiado por membros da direção nacional e estadual, deputados, coordenadores regionais, presidentes de diretórios municipais e ativistas da legenda que se fizeram presentes.

Foto SECOM PVSP 00003 10 13

As questões organizacionais, tais como a comunicação interna entre gestores, parlamentares e direção partidária, assim como, a criação de instrumentos (virtuais) que possibilitem a ampliação dos debates e troca de informações de uma forma mais rápida e econômica, foram alguns dos temas abordados. A organização do evento, antecipando os anseios já previstos, por intermédio de uma pesquisa elaborada pelos ativistas e dirigentes do PV Mairiporã, editou, publicou e distribuiu um livreto denominado “Guia Gestor Verde”, relacionando os nomes e endereços (telefone e e-mail) de todos os dirigentes estaduais, parlamentares (deputados federais, estaduais e vereadores) e administradores (prefeitos, vice-prefeitos e secretários municipais de governo) em atividade.

Foto SECOM PVSP 00004 10 13

Entre as ações sugeridas pelos participantes estão, por exemplo, a formulação do “Banco de projeto de leis”, que além de possibilitar a oportunidade de troca de experiências entre os vereadores, identifica e qualifica projetos (verdes) que serão genéricos (podem e devem ser usados) à todos os mandatos; o Banco de Ideias” entre gestores, que possibilite compartilhar experiências realizadas nos municípios ou sugerir projetos que tenham viabilidade de serem implementados; o “Banco de Memória” que concentraria, por exemplo, os relatórios de administrações verdes com experiências de sucesso na coleta de resíduos sólidos, coleta seletiva, saúde para todos, entre outros; a “Emenda dos Verdes para os municípios Verdes” priorizando as chamadas “emendas parlamentares”, a que faz jus os deputados do PV (federais e estaduais) em exercício, aos municípios administrados pelos prefeitos verdes, entre outras.

Ao final do Encontro, foi redigido e aprovado um documento (texto abaixo), denominado “Carta Compromisso de Mairiporã” onde os participantes se comprometem colocar em andamento uma série de ações no sentido de tentar uniformizar as boas práticas verdes.

logo 21 10 2013

ENCONTRO DE GESTORES E LEGISLADORES – 2013

CARTA COMPROMISSO DE MAIRIPORÃ

Neste encontro de Mairiporã-SP nós, Gestores e Legisladores Verdes do Estado de São Paulo, renovamos nossos compromissos com os Princípios e Valores do Partido Verde, sem os quais nossas ações se desenvolveriam às cegas e sem um sentido. A ecologia política é o eixo de uma visão sistêmica do planeta e suas interdependências. A democracia e o regime democrático são necessários para a convivência, e o meio ambiente imprescindível para a existência das espécies. A justiça social como meta, com a liberdade de expressão e o respeito à espiritualidade como parte de livre arbítrio individual. A defesa do pacifismo e da não violência é  métodos de solução dos conflitos no plano global e local, com uma visão internacional. O municipalismo e o desenvolvimento da participação da comunidade é linha estratégica de fortalecimento do poder local. O multiculturalismo e a diversidade contra preconceitos, a preservação do patrimônio cultural, fortalecem o papel da cidadania. O saber, a educação é garantia de uma sociedade estável.

Estes valores e princípios orientam nossos compromissos com o Programa e as plataformas e políticas setoriais apontando mudar o atual modelo consumista e o enfrentamento dos eventos extremos derivados das mudanças climáticas. No curto prazo, nós gestores, legisladores, coordenadorias de bacias, pré-candidatos, membros das direções municipais e a Executiva Estadual nos comprometemos também:

    1. A executar em nossos respectivos campos de ação os valores, princípios e programas do Partido Verde, tanto na prática da gestão como na legislação, nas relações interpessoais e comunitárias.
    2. A Executiva Estadual se compromete a promover as relações entre os diversos municípios com base nestes princípios, fomentando o intercambio e atuando como facilitador para o melhor êxito de cada uma destas esferas.
    3. Os gestores e legisladores se comprometem enviar ao responsável da Secretaria de Comunicação da Executiva Estadual as informações sobre as ações e atividades que considerem inovadoras na perspectiva programática, fomentando assim as boas práticas divulgando nas redes sociais.
    4. A Executiva Estadual, Liderança na Assembleia Estadual e Federal, se comprometem a indicar um responsável como ponto de apoio às lideranças municipais, gestores, legisladores para trabalhar, sob a orientação da Executiva, facilitando os encaminhamentos junto aos órgãos públicos, de forma democrática e transparente. Trimestralmente apresentará à Executiva um relatório destas atividades.
    5. Os gestores e legisladores se comprometem a indicar o responsável de suas respectivas áreas de comunicação para a articular às áreas especializadas da Executiva Estadual (comunicação, formação, organização e eventos) para compaginar uma linha comum da estratégia de intercambio potenciando a perspectiva programática dos verdes em cada um dos espaços públicos onde operam.
    6. Os gestores se comprometem a informar sobre suas demandas e obtenção de recursos junto a órgãos públicos e ao setor privado, de forma a favorecer a política pública do conjunto dos gestores verdes.
    7. Os participantes deste encontro  – com o apoio da Executiva Estadual – propõem e se comprometem e estruturar fóruns especializados para a participação orgânica na vida partidária: 1)Fórum dos Prefeitos, Vices e Secretários; 2)Fórum dos Vereadores Verdes; 3) Fórum dos Presidentes dos Diretórios Municipais; 4)Fórum de Jovens e mulheres.
    8. Os verdes sublinham e reiteram seu compromisso com uma economia estável e sustentável  e a defesa da transparência  e respeito na utilização dos recursos públicos.

(Lista dos presentes)

                                                                                Mairiporã, 19 de outubro de 2013.

OS SIGNIFICADOS IMPLÍCITOS NOS COMPROMISSOS DA CARTA DE MAIRIPORÃ
 

* Por Walter Tesch

    1. O PV representa um número significativo de lideranças políticas no Estado:  1) 434 vereadores; 2) 44 vice-prefeitos; 3) 29 prefeitos; 4) 8 Deputados Estaduais; 5) 2 Deputados Federais; 6) Centenas de presidentes de diretórios municipais e dezenas de coordenadores de Bacias; 7) milhares de lideranças que saíram candidatas nas últimas eleições municipais 8) Centenas de pessoas que exercem cargos executivos de secretarias de governo e ou diretorias de gestão pública municipais e estaduais;
    2. Estes números expressam umpotencial” para se transformar em “força política” consistente, visível, capaz de viabilizar na sociedade o projeto da Ecologia política e desenvolver uma mudança de cultura com a sociedade para construir um modelo sustentável é imprescindível. Que o PV construa uma cultura interna que propicie que estas lideranças se organizem e trabalhem conectadas, se transformando de “potencial” em “força política” efetiva;
    3. É necessário que prefeitos, vice prefeitos, vereadores, secretários municipais e presidentes dos diretórios municipais criem mecanismos de comunicação, de encontros, reuniões e participação para troca de ideias e experiências e estas reflitam nas instâncias que decidem o rumo político do Partido
    4. Para que isto aconteça é fundamental que as lideranças municipais (poder local, territorial) contem com uma estrutura de apoio da Executiva Estadual para desenvolver as políticas públicas locais. A “Carta Compromisso de Mairiporã” aponta consolidar este pacto interno institucional.

*Walter Tesch é Secretário Estadual de Formação do PV-SP

Carta Compromisso de Mairiporã marca Encontro de Gestores Verdes

Secretaria Estadual de Comunicação
Partido Verde – São Paulo




Mairiporã intensifica coleta de óleo residual de cozinha

Mairipora intensifica-coleta-de-oleo-residual-de-cozinhaAlém da ampla reestruturação que a prefeitura está realizando no sistema de coleta seletiva do município, o programa Municipal de Coleta de Óleo de Cozinha Usado, também está sendo reformulado e ampliado, com o objetivo de incentivar a coleta por meio da educação ambiental. O objetivo da coleta é aproveitar o óleo residual de cozinha para ser transformado em biodiesel.

A prefeitura informou que trata-se de um programa ambiental, social e de saneamento Ambiental, porque ao se fazer o descarte adequado do óleo residual de cozinha, o mesmo deixa de impactar o meio ambiente, e ao ser transformado em biodiesel, quando queimado, é menos emissor de gases de efeito estufa. Social, porque gera renda para financiar projetos que melhoram as condições de vida de nossas comunidades mais carentes, com inclusão. E, de saneamento, porque o descarte adequado diminui os gastos com a desobstrução de redes de esgotos e com o tratamento da água.

Fonte: ASCOM P.M de Mairiporã

Secretaria Estadual de Comunicação

Partido Verde – São Paulo




Inspeção veicular: Eduardo Jorge conversa sobre como Pensar Verde




Santa Isabel terá pontos de ônibus padronizados

Santa-Isabel-tera-pontos-de-onibus-padronizadosO prefeito de Santa Isabel, Padre Gabriel Bina (PV), já autorizou o ínicio dos trabalhos de reforma e construção de pontos de ônibus no Município e quem passa pela rodovia Arthur Matheus na entrada da cidade pela rodovia Presidente Dutra, já pode notar a mudança, embora ainda esteja em fase de acabamento o ponto já se mostra com um design moderno e mais aconchegante.  A idéia é reformar os que já existem neste mesmo modelo e construir novos pontos nos locais que a população solicita durante as reuniões de bairro. O Prefeito desde o começo do ano vem junto com sua equipe pesquisando diversos modelos que combinasse com nossa cidade, e se criar um único que fosse a cara da cidade.

Esse modelo escolhido será todo revestido por tijolinhos a vista e terá além da laje, um telhado colonial deixando o ponto com cara de casa de cidade de interior. A escolha deste modelo é justamente para resgatar nossa cultura e também pensando no conforto e segurança dos usuários.  Segundo o Secretário de Serviços, o objetivo é reaproveitar os modelos de alvenaria de formato quadrado e com laje para revesti-los de tijolinho e colocar o telhado colonial sobre a laje, já os de forma oval ou metálica serão retirados e construídos outros novos, Paulo Lima ainda nos falou de uma novidade que está em estudo para um segundo momento que é a instalação de pontos de luz em alguns pontos que necessitam de iluminação por meio de placas que captam a energia do sol e as transformam em energia elétrica.

Próximo ao local do novo ponto de ônibus o Município também receberá em breve o novo viaduto da entrada da cidade que esta sendo construído pela empresa CCR – Nova Dutra, obra avaliada em R$ 3.000.000,00 (três milhões).

Fonte: ASCOM P.M. Santa Isabel

Secretaria Estadual de Comunicação

Partido Verde – São Paulo




Santa Bárbara registra aumento na abertura de novas empresas

Santa-Barbara-registra-aumento-na-abertura-de-novas-empresasSanta Bárbara d’Oeste registrou um aumento de 26% na abertura de novas empresas no primeiro semestre de 2013 em comparação ao mesmo período do ano passado. Os números constam no balanço expedido pela Jucesp (Junta Comercial do Estado de São Paulo). Nos primeiros seis meses deste ano, 726 novas empresas foram abertas pelo programa, ante 576 novas empresas no primeiro semestre de 2012. O número de baixas no período também registrou queda em 2013. Conforme os dados foram 68 encerramentos de atividades no ano passado contra 38 neste ano, totalizando uma redução de quase 100%.

“É visível o grande avanço que já conseguimos nestes meses iniciais. Os números falam por si só. Avançamos na indústria, comércio e prestação de serviços. Avançaremos ainda mais”, analisou o prefeito Denis Andia (PV).

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Santa Bárbara d’Oeste, Rogério Bosco, os números refletem as várias ações que a Prefeitura tem realizado com o objetivo de desburocratizar o sistema público na abertura de novas empresas. “Merece destaque a Sala do Empreendedor, espaço inaugurado em janeiro deste ano e que foi responsável pela formalização de 325 novas empresas”, disse. “A diversificação de atividades que temos em Santa Bárbara tem permitido uma maior integração entre as empresas, o que vem contribuindo para que cada vez menos empresas encerrem suas atividades”, acrescentou o secretário.
Empregos
Paralelo a abertura de novas empresas, Santa Bárbara d’Oeste gerou 2.885 novos postos de trabalho entre os meses de janeiro e agosto de 2013 conforme dados divulgados na semana passada pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), vinculado ao Ministério do Trabalho e Emprego. O número é quase 300% maior do que o registrado no mesmo período de 2012, quando o município havia gerado 971 novas vagas.

Os dados também colocam Santa Bárbara na primeira posição da microrregião no quesito geração de empregos no acumulado deste ano. Entre janeiro e agosto, o município contou com 18.323 admissões contra 15.438 demissões.

Fonte: ASCOM – P.M. Santa Barbara d’Oeste

Secretaria Estadual de Comunicação

Partido Verde – São Paulo